Comércio 352.pdf


Vista previa del archivo PDF comercio-352.pdf


Página 1 2 34516

Vista previa de texto


sociedade

CSS | 15 de Dezembro de 2017

3

Seixal reeleito para a presidência da Rede
Portuguesa de Municípios Saudáveis

O Seixal foi novamente eleito para a
presidência do Conselho de Administração da Rede Portuguesa de Municípios
Saudáveis (RPMS). Foi esta a decisão
tomada no dia 24 de Novembro, no decurso da Assembleia Intermunicipal da referida Rede. O município de Viana do Castelo
foi também reeleito para a presidência da
Assembleia Intermunicipal e a Câmara
Municipal da Amadora para a presidência
do Conselho Fiscal. Foi ainda aprovada a
adesão de novos membros, os municípios
de Braga e da Guarda, passando assim a
RPMS a ser composta por 47 municípios.
Desde 2002 que o Seixal coordena a
Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis, uma associação de municípios constituída em 10 de Outubro de 1997 e que
tem como missão apoiar a divulgação,
implementação e desenvolvimento do
projeto Cidades Saudáveis nos municípios
que assumem a promoção da saúde como
uma prioridade da agenda dos decisores
políticos. A Rede desenvolve uma metodologia estratégica de intervenção baseada nos princípios essenciais do projeto
Cidades Saudáveis, que são a equidade, a

sustentabilidade, a cooperação intersectorial e a solidariedade.
A RPMS marcou ainda presença no
XXIII Congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses dedicado
ao tema “Descentralizar Portugal – Poder
Local”, que se realizou em Portimão no passado dia 9 de Dezembro. Com vinte anos
de trabalho colectivo em prol da saúde das
populações e com 47 municípios associados,
esta Associação de Municípios afirmou-se, uma vez mais, como uma plataforma
de promoção da saúde dando a conhecer a
sua missão e os cerca de duas centenas de
projetos desenvolvidos localmente patentes
na publicação “Vinte Anos em Rede: Boas
Práticas dos Municípios Saudáveis”.

Para promover a saúde e também reforçar a inclusão das pessoas portadoras de
deficiência, a Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis acolheu no seu espaço a
APCAS – Associação de Paralisia Cerebral de Almada-Seixal, que ofertou aos
participantes do congresso 21 manuais
didático-pedagógicos do Projecto “Desporto com Sentido”. Um projecto no qual
José Patrício, presidente da Associação de
Paralisia Cerebral Almada Seixal já nos
tinha falado em entrevista publicada na
edição n.º 347, cuja intenção é promover
a inclusão das crianças e jovens nas escolas e comunidade através da prática desportiva, com uma forte sensibilização dos
domínios educativo e desportivo.

A Rede Portuguesa de Municípios
Saudáveis apresentou o seu contributo
para a ampla discussão da descentralização de competências na área da saúde
para as autarquias locais, focada em dez
contributos que afirmam perentoriamente a importância que o investimento na
promoção da saúde assume no quadro do
reforço do Serviço Nacional de Saúde e
saúde da comunidade.
Joaquim Santos, Presidente da Rede
e da Câmara Municipal do Seixal, afirmou no Congresso que “mais que gerir
centros de saúde como meros gestores de
condomínio como o projeto Decreto-Lei
Sectorial da Saúde propõe, a obtenção de
ganhos em saúde a médio e longo prazo
requer uma estratégia concertada com
as Autarquias, com medidas e políticas
concretas através da nossa participação
numa Estratégia Nacional de Promoção
da Saúde, que promova a saúde e previna
a doença”.

Publicidade

Instalado na torre da marinha no largo do mercado
de 15 de Dezembro a 07 de Janeiro
sextas às 21.30h, Sábados, domingos e feriados às 16.30h e 21.30h